Boa madrugada, Quinta, 23 de Novembro de 2017
 
   
Seja bem vindo ao nosso site!

Sou DIZIMISTA e você?

informações: 17 3344.1525

 

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
LINHAS DE HISTÓRIA

 
 

_____A paróquia do Sagrado Coração de Jesus foi criada no dia 22 de maio de 1978, quando esteve reunido extraordinariamente o Conselho de Presbíteros da Diocese de Jaboticabal, no salão do Educandário Santo Antônio.  Em abril de 1978 os franciscanos da Ordem dos Frades Menores tinham deixado a Paróquia São João Batista e ficaram com a responsabilidade do Educandário e da nova Paróquia a ser criada com sede na igreja do próprio Educandário.
_____A área de jurisdição da Paróquia iniciava-se no Córrego da Consulta e Córrego Bebedouro, onde se situa o lago, abrangendo o antigo Santo Antônio, isto é, as Vilas São José, Major Cícero de Carvalho, Bom Retiro, Parque Residencial Santo Antônio, Distrito de Andes, Povoado de Areias, Fazenda Santa Irene, entre outras.
O primeiro pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus foi o Frei Januário Pinto, de acordo com provisão de 01 de junho de 1978.
Em 1978, estavam em Bebedouro os Freis Berardo Paolino, que continuou por pouco tempo, Januário Pinto e Francisco de Medeiros, que já estava enfermo e ficou em Bebedouro até 1985. Frei Januário era também o Diretor do Educandário.
         A presença da Ordem dos Frades Menores em Bebedouro remonta o ano de 1947, quando chegou uma fraternidade para cuidar da Paróquia de São João Batista. Eram o Frei Marcelo Maniglia, sacerdote, juntamente com os religiosos não sacerdotes Frei Leonardo Ferraro e Frei Berardo Paolino.
Na bagagem dos missionários havia um sonho: cuidar das crianças brasileiras menos favorecidas. A idéia inicial para Bebedouro era construir um orfanato.
O então responsável pela missão, Frei Roque Biscione, estava morando em Bebedouro quando, no dia 2 de agosto de 1952 foi efetivada a compra do terreno do futuro Orfanato Santo Antônio. Depois de um ano começam os trabalhos de construção do orfanato. Frei Marcelo Manilia foi o primeiro responsável por acompanhar as obras. Estavam em Bebedouro os Freis Jacinto Posillico, Prospero Vecchione e Paolino Vitale, recém chegados da Itália.
Com a licença da Cúria Episcopal de Jaboticabal, foi dado início, no dia 23 de junho de 1956, às celebrações da Santa Missa dominical na sala do Club da “Vila Paulista”.
No dia 13 de janeiro de 1957 foi solenemente inaugurada a Igreja do então Orfanato Santo Antônio e Convento Sagrado Coração de Bebedouro. A cerimônia foi presidida por Frei Clemente Grassi, coadjuvado pelos Freis Franciscanos e constou de procissão das crianças do catecismo da Vila Paulista e da Vila São José, saindo do Esporte Clube; bênção da imagem de Santo Antônio, na presença dos paraninfos e doadores da imagem; missa, sermão e Bênção Eucarística e distribuição do pão de Santo Antônio.
         A partir daí, passou-se a celebrar missas regularmente naquela capela no segundo Domingo de cada mês, às 8 horas.
No dia 15 de fevereiro de 1968 foi solenemente inaugurado o Educandário Santo Antônio de Bebedouro com 12 órfãos desamparados. O Sr. Bispo Dom José Varani celebrou a Missa pelos benfeitores e benzeu as instalações.
         No dia 18 de julho de 1971 foi fundada a OFS (Ordem Franciscana Secular) como Fraternidade Sagrado Coração de Jesus de Bebedouro, sediada na Igreja do Educandário S. Antônio.
A Igreja recebeu algumas pinturas artísticas feitas pelo Frei Geraldo Roderfeld em março de 1972 (São Francisco, de Santa Clara, São José e São João Batista). O Frei Geraldo pintou também os 15 quadros da Via Sacra, previamente preparados sobre pedra, daquela de São Tomé das Letras, MG.
No mês de março de 1973, foram abertas as inscrições para o então catecismo da época, que foi ministrado no grupo escolar Vicente Paschoal para as crianças da vila. As inscrições foram realizadas na paróquia São João Batista. As inscrições alcançaram um total de 100 crianças e foram recrutados 9 catequistas.
Em janeiro de 1981, Frei Eduardo Chagas Nithack retornou a Bebedouro e assumiu novamente como Diretor do Educandário com quase 500 crianças e tomou posse como pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus.
Frei Januário Pinto foi para Petrópolis, RJ, no início de 1981, substituindo Frei Eduardo lá como formador dos freis estudantes de Teologia.
         Para a implantação de uma pedagogia diferenciada, que oferecesse resultados de desenvolvimento humano às crianças do Educandário, Frei Eduardo Chagas Nithack idealizou uma escola em tempo integral. Assim começou a funcionar a primeira escola de tempo integral de Bebedouro em janeiro de 1984 com atividades de teatro, música, dança, coral, tênis de mesa, xadrez e informática. Frei Eduardo foi o pioneiro em trazer para Bebedouro as atividades de xadrez, tênis de mesa e informática na escola. As atividades se estendiam aos sábados, quando os educandos participavam de modo livre, por adesão.
         Ajudavam no Educandário os Freis Jorge Luiz Machado e Orlando Sérgio Moretto.
         No dia 05 de fevereiro de 1984, Frei Luiz Carolino assumiu como pároco na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Ele ficou com a responsabilidade da Paróquia até 11 de janeiro de 1987. Nesse período, fez campanhas e bazares para fazer o forro da Igreja, pintura, luz, som, ventiladores etc. No campo espiritual trabalhou com grupo de casais, grupo de jovens, adolescentes, grupo de oração, catequese, grupo de reflexões bíblicas etc.
Em 12 de janeiro de 1987, Frei Eduardo Chagas Nithack assumiu novamente a Paróquia como pároco, tendo como vigário paroquial o Frei Querubim Rega e o Diácono Antônio Antognoli Sobrinho como colaborador.
Frei Luiz Carolino voltou como pároco no ano de 1988, assumindo no dia 21 de fevereiro e exercendo sua função até 10 de setembro de 1989, quando tomou posse o Frei Luiz Antônio Gouvêa.
Em fevereiro de 1994, Frei Irineu Andreassa chegou a Bebedouro e assumiu a responsabilidade da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Foi também grande incentivador do trabalho do Educandário e deu seu apoio à instituição. Envolveu muitas pessoas da Paróquia como contribuintes e colaboradores nas atividades e na arrecadação de recursos para o Educandário. Nesse tempo a quermesse foi impulsionada e passou a “Festa Franciscana”. Frei Irineu construiu, com auxílios do exterior e locais, o “Centro Pastoral Frei Francisco de Medeiros”, com estrutura para cozinha semi-industrial e salas de catequese e reuniões. Ficou em Bebedouro como pároco até janeiro de 1998, quando foi eleito Ministro Custodial e transferiu-se para Garça, SP.
Desde 1995, ajudavam no Educandário os Freis Adalardo Silva Martins, Humberto Nogues Feriato e José Luiz da Costa.
O Frei Adalardo Silva Martins assumiu a responsabilidade da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus no dia 21 de fevereiro de 1998, substituindo o Frei Irineu.
No dia 06 de julho de 1998, chegou da Itália o Frei Valmir Ramos, que, tendo finalizado um curso de especialização em Teologia Bíblica, deveria ajudar na evangelização como vigário paroquial. Frei Valmir ficou em Bebedouro até janeiro de 1999, quando foi transferido para Olímpia, SP, na função de formador dos freis estudantes de Teologia. Indo Frei Valmir, chegou o Frei Ailton Guimarães que ficou até o final de 2002.
No dia 06 de maio de 1999, Frei David Précaro assumiu a responsabilidade de conduzir a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Ficou com essa função até fevereiro de 2001, quando foi transferido para Olímpia como pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida.
Em fevereiro de 2001, chegou a Bebedouro o Frei Fernando Aparecido dos Santos que assumiu a responsabilidade de conduzir a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus no dia 26 do mesmo mês.
Em setembro de 2002 retornou para Bebedouro o Frei David Précaro, ainda em tratamento do joelho que recebera uma prótese. Ele assumiu a responsabilidade de vigário paroquial.
No dia 27 de junho de 2003, foi feita a abertura do ano jubilar da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, que nasceu no Educandário havia 25 anos, sendo confiada aos frades franciscanos. Por esta ocasião foi adquirido o terreno para a construção da nova Igreja matriz da Paróquia no Bairro São Carlos.
         Como ação evangelizadora ligada à paróquia, no dia 14 de junho de 2004, foi fundada a Casa de Santa Clara. Esta fundação de uma nova instituição foi a solução para acolher crianças de 0 a 12 anos, em situação de alto risco social, abandono e maus tratos. Isso devido à necessidade que viria a partir do fechamento do Lar dos Pequeninos, previsto para 01 de maio de 2004.
No dia 06 de junho de 2007 a Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus abriu o ano celebrativo de 60 anos da chegada dos missionários napolitanos. A celebração foi em Bebedouro, onde também foram realizadas as celebrações dos 25 e 50 anos da Custódia.
Em janeiro de 2009 chegou o Frei Edson Pereira Lopes para ajudar nos trabalhos como vigário paroquial.
O Frei Fernando Aparecido dos Santos foi transferido para Olímpia no dia 09 de janeiro de 2011 como pároco da paróquia Nossa Senhora Aparecida. Para substitui-lo como pároco recebeu a provisão o Frei Valmir Ramos no intuito de continuar os trabalhos de evangelização. Em seguida chegou o Frei Ailton Guimarães para ajudar no Educandário e na paróquia em suas atividades de evangelização.

 
     
© Copyright - Paróquia Sagrago Coração de Jesus / Bebedouro - 2012, Todos os direitos reservados - by + ideias Comunicação